quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

VISTADAAAAAAAA!

Ufa! Que jornada! Mas finalmente consegui!

Estou oficialmente “vistada” e agora, finalmente, tenho a certeza absoluta de que vou viajar!
Agora vou narrar pra vcs como foi o processo..

Bem, respondendo às minhas expectativas do post anterior, tranqüilo não foi....mas pelo menos o sofrimento acabou!

Meu irmão veio me buscar na casa da minha irmã e me levou pro consulado. Chegamos lá meio cedo, 10:30hs, e nem tinha fila, então resolvemos ir pro shopping Morumbi enrolar um pouco (minha entrevista estava marcada para o meio-dia.

Demos uma volta no shopping e eu fui a pé pro consulado, já que é super pertinho. Acabei chegando lá 11:30hs e nem peguei fila, entrei direto.

Ae vem todo aquele processo que eu já to cansada de saber...uma fila pra entregar documentos...outra para tirar digitais...e a tão temida entrevista. Eu estava até bastante calma, considerando o nível de nervoso que passei a semana passada. Conversei um pouco com duas moças que estavam pegando visto de turista durante a espera.

E chegou a hora: quem me entrevistou foi uma loira de cabelo liso no ombro e óculos. Dei sorte, pq no mesmo guichê antes dela estava uma negra com cara de brava que eu temia desde o primeiro visto que tirei! Dei sorte tb pq quando cheguei, ela me recebeu com um sorriso (e isso é raro!)

Ok, então pra não fugir da tendência, vou colocar a transcrição do diálogo mais longo da minha vida...

C=consulesa
A=aline

C- Me passe os documentos e pegue o telefone (nem rolou um “boa tarde”)
A- (passei e peguei né)
C- Que curso vc está fazendo?
A- Psicologia
C- E quando vc se forma? (a pergunta mais temida! Já me formei, mas colaria grau daqui 4 dias...coloquei nos DS q ainda era estudante, pq tecnicamente ainda era)
A- Semana que vem.
C- (risadinha de “ah, entendi o que vc fez”)

C- Me fale sobre a sua experiência com crianças.
A- Eu trabalhei com crianças no meu estágio na faculdade e cuidei de dois irmãos.
C- O que os seus pais fazem?
A- Eles são aposentados.
C- E o que faziam antes?
A- Bancário e Professora
(silêncio mortal...nessa hora, tinha certeza que ela ia negar...não estava mexendo em nenhum documento, nem carimbando nada, só olhando no computador)
C- O que vc fez nesse visto? (mostrou meu último J1 no passaporte)
A- Fui garçonete.
C- E quando vc voltou para o Brasil?
A- Em março de 2007.
C- (começou a carimbar meu DS-2019...aí eu percebi que ela tinha concedido!)
C- Pague isso ali e volte aqui depois.
A- Obrigada!
C- (sorriu)

Quando fui pagar, mal acreditava! Queria chorar de felicidade, mas não queria voltar lá chorando, né! Ahhahauahuah
Demorou pra cair a ficha, aliás, acho q ainda nem caiu!

PS: Pela terceira vez a entrevista foi INTEIRA EM PORTUGUÊS! Vai entender...hauhauhau

CONCLUSÕES FINAIS: acredito realmente que ela estava prestes a negar meu visto, desde o começo percebi que ela estava em cima do muro comigo. E acredito que foi a minha calma e a firmeza com que respondi às perguntas dela que me deu o visto.

Portanto, pra vcs, meninas, que ainda vão tirar o seu, não dá pra falar pra não ficar nervosa, pq vc fica mesmoooo! Mas tentem ficar nervosa antes, e relaxar o máximo q puder na hora q chegar no guichê...pensem: é agora ou nunca, não tenho mais nada a fazer a não ser me acalmar e responder as perguntas da maneira mais clara e firme possível...

Pras minhas queridas da comunidade de 16/03, tuuuuuuuudo de bom! Tenho certeza q se para mim deu certo, pra vcs também dará, e iremos juntas! Força! E quero ouvir tudo depois, hein!!

Bjos a todos!!!

2 comentários:

Diana disse...

Nossa Line!! Parabéns!! Vc manteve a pose até o fim! Muito bem!!

Em breve nos vemos no aeroporto!!


Diana

Carla disse...

Lineeeeee... vc já é expert no assunto, não tinha pq negarem!! =D
Sorte sua que seu visto sai na hora... o meu pode deorar meseees! to surtando jaaah!
reta final agora hein!! uiuiui
beijaoo
=****